Coletivo de palhaços diverte o público na Arena Multivozes na manhã de sábado (04)


Humor e dramaturgia se misturam na performance para pessoas de todas as idades que aconteceu na Arena Multivozes

No penúltimo dia da 24ª Feira Pan-Amazônica dos Livros e das Multivozes, a Arena Multivozes juntou crianças e adultos em uma manhã de muita diversão e histórias contadas por grupos de teatro de palhaços. Um grupo de intérpretes da Língua Brasileira de Sinais (Libras) garantiu a inclusão do público que esteve na Arena Guilherme Paraense - Mangueirinho neste sábado, 04 de dezembro.

Mãe do pequeno Felipe Joaquim, de cinco anos, Luciene Ferreira, de 30 anos, trouxe o filho que está sendo iniciado na leitura para curtir a programação. "Pela idade dele, por estar iniciando a leitura e começando também a juntar conhecimento, eu o trouxe pra cá. Ele acordou cedo para vir, queria porque queria comprar livro", conta ela.

Público deu boas risadas com a apresentação dos palhaços, que encantaram quem esteve na Feira do Livro pela manhã de sábado (04)

A assistente social Flávia Santiago foi com o marido e as filhas gêmeas Maria Clara e Maria Sofia, de sete anos, assistir a programação da Arena Multivozes. "Todo ano a gente participa, achamos importante esse contato delas com a cultura, com a leitura", justifica a mãe.

Três intérpretes de Libras acompanharam todo espetáculo. "É para dar acessibilidade. Assim como os pais ouvintes curtem a programação, as crianças com deficiência auditiva também querem participar. Viemos em três, cada um representando um palhaço, fazendo o nosso melhor", relata Amanda Barros, uma das intérpretes.

O professor José Arnaud, de 40 anos, fez o palhação Claustrofóbico Pneumático durante a apresentação. "A Feira do Livro é um espaço necessário, ainda mais nessa realidade que estamos vivendo. A gente se sente bem em estar aqui. Poder fazer essa relação entre literatura e teatro nos faz feliz. E ser feliz hoje é uma forma de resistência", reconheceu.

Serviço:

A 24ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes ocorre até domingo (05), de 9h às 21h, na Arena Guilherme Paraense, o Mangueirinho.  

04/12/2021 14h04 - Atualizada em 04/12/2021 16h33
Por Ascom (Feira do Livro)