Sespa encerra participação na Feira do Livro com mais de 2 mil vacinas aplicadas 

Secretaria promoveu, também, a Estação Inclusiva que é um espaço comandado pela Coordenação Estadual de Políticas Para o Autismo


Durante todo o período da 26° Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, a Secretaria de Estado de Saúde Pública do Pará (Sespa) participou vacinando mais de 1 mil pessoas e aplicando cerca de 2.200 doses de vacinas contra meningite,  difteria, tétano, Covid-19, sarampo, caxumba e rubéola, Influenza e HPV.

Jaira Ataíde,  coordenadora de Imunização da Sespa descreve esta ação como espetacular. "A vacina chega cada vez mais próximo da população e é grande a adesão das pessoas.  A procura da vacina bivalente, que é uma vacina importante para fechar o esquema vacinal ta sendo bem grande. Então para nós está sendo assim muito bom e essa interação da vacina com a população", avalia a coordenadora. 

Ficar imunizado contra alguma doença para alguns é um presente.  Matheus de Campos, veio passear na Feira e aproveitou para se dar um presente. "Hoje eu estou completando 20 anos, então o meu presente é uma vacina. Sabemos que a vacina ela salva e traz a nossa tranquilidade que é a saúde, então pra mim é uma alegria poder vir aqui no meu aniversário e me vacinar", conta Matheus.

Políticas Para o Autismo - Além da vacinação a Sespa promoveu a Estação Inclusiva é um espaço comandado pela Coordenação Estadual de Políticas Para o Autismo (Cepa) da Sespa que propõe uma experiência sensorial de acessibilidade imitando uma calçada com alguns obstáculos e estão disponibilizados acessórios para simular as dificuldades enfrentadas pelas pessoas com deficiência, a atividade foi experimentada por cerca de 100 pessoas por dia.

O estande da Estação inclusiva também abriu espaço para  a Feira do Empreendedorismo Inclusivo, projeto que a Cepa realiza mensalmente e trouxe para a Feira do Livro. Trata-se de um espaço para famílias e associações de parentes de pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) venderem seus produtos confeccionados para os visitantes da Feira, e como balanço de vendas, os expositores venderam uma média diária de 600 reais. 

Mariana Santana que faz parte da Associação de Pais e Amigos de Castanhal, avalia positivamente a participação na Feira. "Tá valendo muito a pena. Bastante pessoas estão parando aqui no estande, a gente tá sendo bastante divulgado, nosso trabalho ta sendo reconhecido e valorizado" destaca Mariana.

texto: Melina Marcelino (Ascom/Sespa)

17/09/2023 18h40 - Atualizada em 17/09/2023 19h12
Por Comunicação (Feira do Livro)