Editora da Imprensa Oficial lança revista em quadrinhos sobre os 25 anos da Turma do Açaí

As histórias sobre A Turma do Açaí trazem personagens inspirados na cultura paraense


A Editora Pública Dalcídio Jurandir lançou neste domingo (17) a revista de tirinhas sobre os 25 anos da Turma do Açaí, abrindo a programação de lançamentos desta tarde, no estande da Imprensa Oficial do Estado, na 26ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, no Hangar. 

Com o título "Rosinaldo Pinheiro apresenta: A Turma do Açaí", a edição número 01 da revista apresenta todos os personagens criados pelo quadrinista, ilustrador, animador, arte-educador e designer gráfico, nascido no município de Igarapé-Miri.

Rosinaldo Pinheiro fez seus primeiros HQs quando começou a morar em Belém, ao participar do grupo "Ponto de Fuga", com outros quadrinistas que se reuniam na Biblioteca Arthur Vianna e na Fundação Curro Velho, quando participou de oficinas e debates sobre histórias em quadrinhos. "Lembro-me que era um iniciante nas HQs. Sabia desenhar, mas não tinha conhecimento sobre roteiros, HQs e outros", lembra o autor.

Com o apoio do professor Jean Santos, que o considera um importante orientador no processo de criação, Rosinaldo foi aprimorando as técnicas na arte de produzir quadrinhos voltados ao público infantil. “Um dos meus primeiros personagens foi um garoto chamado 'Betinho', criado para um fanzine coletivo, cuja história ganhou o título "Pivete Criativo" e hoje faz parte do acervo da Gibiteca do Centur (Centro Cultural e Turístico Tancredo Neves), da Fundação Cultural do Estado do Pará (FCP)”.

As histórias sobre A Turma do Açaí trazem personagens inspirados na cultura paraense. Nas histórias, Açaí é um garoto esperto, apaixonado por futebol, por açaí e por Lindalva, que evita falar com ele.

A obra publicada pela Editora da Ioepa resgata os primeiros traços da Turma do Açaí, desenhados em 1992, quando ainda estava em Igarapé-Miri, além de outras histórias bem divertidas e com um vocabulário tipicamente paraense, formado por expressões muito conhecidas, como "Vou pegar o beco, mano!, "Égua", "Mas qui diacho…, "Deixa de ser enxerido" e tantas outras expressões que vão agradar em cheio os jovens.

As histórias de Açaí se desenvolvem nos quadrinhos com os personagens seu Manduca, seu Migué, Marina, Biribinha, Dorinha, Nairá, um bebê, o Limpinho, um urubu enjoado, e Tralhoto, um cachorro que ganhou o nome de um peixinho amazônico e é conhecido por seus olhos esbugalhados e brilhantes.

Além disso, ao final da revista os leitores podem se distrair com um passatempo educativo, com um minidicionário formado por algumas expressões “Papa-xibé", além de uma página sobre regras e combinados para os professores da educação infantil trabalharem as tiras em sala de aula.

Serviço
A revista especial em quadrinhos sobre os 25 anos da Turma do Açaí é lançamento da Editora Pública Dalcídio Jurandir, no estande da Imprensa Oficial do Estado, na 26ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, no Hangar, Belém. A revista custa R$ 15. Quem quiser adquirir o exemplar direto do autor pode ligar para (91) 98118-1053. 

Texto: Julie Rocha (Ascom Ioepa)

17/09/2023 14h31 - Atualizada em 17/09/2023 19h06
Por Comunicação (Feira do Livro)