Exposição sobre combate à violência sexual de crianças e adolescentes abre programação da Ioepa


Maick Pinheiro e suas obras no estande da Ioepa

A programação do estande da Imprensa Oficial do Estado na 24ª Feira Pan-Amazônica do Livro teve início na manhã desta quarta-feira (01) com a Oficina de História em Quadrinhos de Maick Pinheiro. 

O artista também abriu a programação da tarde com a exposição “Infâncias Violadas”, que reúne ilustrações de diversas campanhas de combate à violência sexual de crianças e adolescentes e também de combate ao trabalho infanto-juvenil. Maick ainda desenhou ao vivo sobre a temática.

Oficina de História em Quadrinhos

Segundo o ilustrador, que também é conselheiro estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, a proposta da oficina dentro da programação do Portal do Conhecimento era fazer com que as crianças compartilhassem um pouco da experiência delas com a leitura.

“Sejam momentos de leitura na biblioteca da escola ou em casa... que essas experiências possam ir além dos muros e que isso chegue à Feira do Livro como um conhecimento extra que seja construtivo pra outras pessoas”, disse.

Crianças em dinâmica com o artista Maick Pinheiro no espaço da Ioepa

A oficina atraiu crianças de todas as idades ao espaço do Portal do Conhecimento. Até o dia 05/12, o espaço é dedicado a diversas atividades lúdicas e pedagógicas como oficinas, saraus e lançamentos de livros.

“Infâncias Violadas”

A exposição “Infâncias Violadas” foi aberta às 14h no espaço do Portal do Conhecimento e reúne trabalhos já apresentados nas redes sociais. 

Uma das ilustrações refere-se aos “órfãos da Covid” e foi desenhada durante o período em que crianças e jovens perderam os seus pais em um dos momentos mais cruéis da pandemia.

Outra, apresentada no Fórum Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente, aborda a incoerência do discurso de adultos que defendem o trabalho infantil com o argumento de que também trabalharam quando crianças. “Muitos relatam que trabalharam na infância, mas protegidos em um balcão e com seu videogame”, ironizou o artista.

Em outra ilustração, Maick aborda a lei da palmada. “As pessoas falam que são contra a lei da palmada, mas é preciso entender que ela combate tortura, maus tratos, excessos e outras violências contra crianças”, reforçou.

Segundo a técnica Lana Sanreth, a programação do Portal do Conhecimento seguirá todos os dias da Feira do Livro na parte da manhã, com oficinas, contação de histórias, varal de poesias e espaços de pinturas para as crianças.

O Portal do Conhecimento também tem um ponto de arrecadação da campanha “Doe Livros, Doe Conhecimento” no estande da Ioepa. O foco é a arrecadação de livros infantis.

Serviço: A exposição “Infâncias Violadas” pode ser vista até quinta-feira (02), no estande da Ioepa, na 24ª Feira Pan-Amazônica do Livro e das Multivozes, que ocorre até o próximo dia 5, na Arena Guilherme Paraense (Mangueirinho), em Belém. 

Texto: Julie Rocha

01/12/2021 15h06 - Atualizada em 01/12/2021 15h29
Por Comunicação (Feira do Livro)